Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Terça-Feira,
24 de Abril de 2018




Trabalhe Conosco
Ex-integrante da equipe do padre Marcelo torna-se adventista

Maria Aparecida Sabina Gomes tem 27 anos e há pouco mais de quatro anos é membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD). No fim de semana passado, ela participou do Acampamento de Inverno dos Jovens Adventistas, em São Roque, SP, onde concedeu esta entrevista ao pastor Sérgio Santeli, responsável pelo blog Minuto Profético.

Como era sua vida religiosa antes de conhecer a mensagem profética da Bíblia?

Nasci e cresci em um berço católico. Fui devota de Maria e extremamente dedicada na Igreja Católica (ICAR). Aos 18 anos, envolvi-me com o trabalho do padre Marcelo Rossi, no Santuário do Terço Bizantino, na capital paulista, que faz parte do Movimento de Renovação Carismática da ICAR. Ali dediquei cinco anos do meu trabalho e trabalhava na equipe que auxiliava diretamente o padre Marcelo. Fiz esse trabalho com muito amor e dedicação.

Quando ocorreu o primeiro contato com a IASD?

Em 2002, uma colega simpatizante da IASD me convidou para assistir uma reunião na casa de uma família adventista. Nessa reunião assistimos ao vídeo “Apocalipse: a Resposta”, do pastor Luís Gonçalves. Fiquei encantada com a mensagem profética e sua ligação com a pessoa de Jesus.

E depois...

Depois dessas reuniões semanais, resolvi fazer uma visita à IASD de Vila São José, zona sul de São Paulo. Nesse dia, alguém que estava sentado do meu lado comentou que o pastor Luís Gonçalves começaria uma série de conferências intitulada “Apocalipse: a Resposta”, dali a 15 dias, ali mesmo naquela igreja. Não tive dúvidas: decidi assistir às reuniões. Tive a clara percepção de que o Espírito Santo estava me guiando. Depois de quatro meses, ao fim da conferência, me decidi pelo batismo. Agora, meu conhecimento de Jesus era mais profundo e a mensagem profética deu-me uma base muito maior para crer na breve volta de Cristo. Meu batismo foi realizado no dia 21 de dezembro de 2002.

Você enfrentou oposição para se desligar da ICAR?

Com certeza. Não foi fácil. Cheguei no coordenador geral da equipe que trabalha com o Padre Marcelo e disse que não estava mais feliz em realizar aquele trabalho e desejava afastar-me. Ele logo foi perguntando o porquê da decisão. Tomei coragem e disse-lhe que agora eu estava realmente conhecendo a Jesus e a mensagem da Bíblia. Percebendo que minhas convicções eram sólidas ele me pediu para falar diretamente com o padre Marcelo. Ele, por sua vez, tentou dissuadir-me de todas as maneiras. Como demonstrei estar realmente decidida, ele apenas afirmou com um leve toque em minha cabeça: “Você é cabecinha dura mesmo, não é?” Depois disso, outros ainda tentaram me convencer dizendo que tinham feito uma lavagem cerebral em minha mente e que eu não deveria tomar essa decisão porque estaria abandonando Maria, mãe de Deus. Ouvi muitas acusações contra algumas doutrinas características da IASD e outras coisas do tipo. Fiquei um pouco magoada com tudo aquilo, mas não ao ponto de deixar de amar meus amigos que ainda trabalham lá, e outros ainda que saíram de lá mas continuam na ICAR.

E sua família?

Lá em casa, só eu sou batizada. Meu estilo de vida mudou e, às vezes, algumas dificuldades aparecem. Mas, mesmo meus pais e irmãos não entendendo muito bem minha decisão, eu ainda os amo muito, e não paro de orar por eles.

Olhando agora para trás, como você avalia essa decisão?

Foi a melhor decisão que tomei em minha vida. Não me arrependo nem um pouco disso. Hoje sou realmente feliz, tenho a certeza da volta de Cristo e espero me preparar cada vez mais para esse dia.

Gostaria de deixar uma mensagem aos nossos irmãos católicos?

Sim. Se vocês estão sentindo falta de algo mais sólido em termos de doutrina, se estão com fome e sede da Palavra de Deus, então eu os aconselho a estudar profundamente os livros de Daniel e Apocalipse e constatar que Deus tem um plano maravilhoso para restaurar este mundo e acabar com o mal. Há uma realidade muito melhor do que este mundo de pecado. E Deus em breve estará concretizando esse plano para todos os que estiverem preparados. Precisamos conhecer cada vez mais nosso Salvador Jesus por meio da Sua Palavra.

Michelson Borges


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial