Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Terça-Feira,
20 de Fevereiro de 2018




Trabalhe Conosco
Gestão do tempo é gestão de relacionamento

Use seu tempo com sabedoria. E cuidado: não deixe que a falta de foco, um dos principais vilões do tempo do dia-a-dia, leve embora os momentos especiais da vida.

Gestão

Quais são suas prioridades? Quando você vai focar no que realmente é importante na sua vida? No geral, as pessoas passam tempo demais focados na “correria”, nas “urgências”, nas “perdas” e “problemas”, e que deixam a vida passar. Focam nas coisas erradas. E o pior é que demoram muito para compreender isso.

Infelizmente só percebem quando perdem alguma coisa, seja a saúde, uma pessoa importante ou a posição no trabalho.

Não estou dizendo para largar seu emprego, trabalhar metade das horas ou virar monge. Estou falando para você começar a pensar em como pode balancear melhor a sua vida, planejar seus objetivos e reduzir o seu nível de estresse. Sei o que digo pois sou especialista em gestão de tempo.

A falta de foco é um dos maiores inimigos do trabalhador do século XXI. Em todo o universo abrangente da gestão do tempo, o item mais difícil de ser combatido é a falta de foco. Esse problema é sutil, sorrateiro e precisa de uma grande força de vontade para ser vencido.

Uma recente pesquisa americana mostrou que um profissional só consegue permanecer focado em uma tarefa por no máximo 11 minutos até que o telefone toque. Uma vez que ele pára um trabalho, custa, em média, 25 minutos até que a atenção se volte àquela primeira tarefa. Isso pode levar a uma perda de até 2 horas diárias, devido à falta de foco e, conseqüentemente, acabada gerando uma desorganização no trabalho.

Algumas pessoas têm uma tendência natural a serem mais organizadas e a seguirem processos. Outras pessoas por sua vez são tão desorganizadas e avessas às regras que têm mais dificuldade para adquirir novos hábitos de produtividade. A explicação a essa curiosidade se dá ao fato de que o cérebro humano possui dois hemisférios, ligados entre si pelo corpo caloso. O hemisfério esquerdo, conhecido como consciente, é o responsável pelo raciocínio lógico. O hemisfério direito, conhecido como inconsciente, é o responsável pelo raciocínio criativo.

O hemisfério esquerdo é organizado, racional, lógico, analítico e se baseia no uso das palavras. Ele emite ordens e combina conceitos. O hemisfério direito é completamente diferente. É intuitivo, imaginoso e criativo. Ele usa a linguagem do visual, do auditivo e do sensitivo.

Pessoas com o hemisfério esquerdo mais predominante têm a tendência a serem mais organizadas, analíticas e gostam de seguir processos. Conseguem facilmente seguir uma ordem para executar suas tarefas, são mais previsíveis, são pontuais e adorariam que o mundo fosse pontual.

Pessoas com hemisfério direito predominante possuem a tendência a serem mais espontâneas, têm mais dificuldades com processos, são mais desorganizadas. São fãs de pilhas de papéis, e caixas de e-mail cheias, gostam de atender diversos projetos simultaneamente e têm uma facilidade enorme de se distraírem.                                        

Não existe um hemisfério melhor que o outro. Ambos são igualmente importantes. O segredo é saber utilizar os dois a seu favor na hora de ganhar mais tempo no seu dia.

O cérebro é facilmente atraído por acontecimentos ao seu redor. Basta alguém no escritório iniciar uma música, um falatório ou alguma novidade e pronto, era essa a desculpa que você precisava para fugir da atividade por algo mais interessante. Veja algumas estratégias, sugeridas pelo especilista, que podem ser adotadas para combater a falta de foco:

1) Priorize suas atividades.

Todos os conceitos de administração de tempo levam você a ter uma dia mais focado. Quando você se organiza, você define objetivos, se planeja e consegue saber o que precisa realmente fazer no seu dia. Liste todas as atividades e priorize numericamente. Siga essa ordem na execução das tarefas.

2) Operação Shutdown

Quando precisar se focar em alguma atividade, desligue completamente seu celular e telefone, televisão, MSN, e-mail, feche a porta e peça para ninguém incomodá-lo até terminar. Quanto mais você se afastar das possíveis interrupções mais sucesso terá na sua concentração.

3) Para focar crie um padrão

Você pode ritualizar a sua concentração. Escolha uma música tranqüila que você goste e o ajude a relaxar. Alguns estudos de superlearning  comprovam que a música barroca aumenta em 3 ou 4 vezes a concentração e a capacidade de absorção do cérebro. Toda vez que precisar se focar ouça sempre a sua música que o ajuda a se concentrar. Isso criará uma “ancora auditiva” e o colocará em estado de concentração muito mais rápido.

4) Respire

Antes de iniciar seu trabalho, relaxe por alguns minutos. Comece a respirar profundamente algumas vezes. Concentre-se apenas na sua respiração e no seu corpo. Deixe sua mente fluir naturalmente. A pressão diária acaba aumentando nossa adrelina e deixando nosso ritmo mais ansioso e agitado, o que propicia a falta de foco. Quando você respira e relaxa, você diminui sua ansiedade e aumenta sua capacidade de concentração.

5) Desligue seu e-mail.

Deixar o e-mail ligado diretamente é um vício perigoso e hoje posso afirmar que é um dos maiores causadores da falta de foco em seu ambiente. Estabeleça horários durante o dia para essa atividade, não deixe que a cada e-mail sua atenção seja desligada.

Pare um pouco e analise o momento anterior a leitura deste artigo, como você tem se concentrado? Que tal ganhar alguns minutos preciosos no seu dia, sendo mais focado?

Quando você vai começar a focar no que é realmente importante na sua vida?

Christian Barbosa
Especialista em produtividade pessoal e empresarial, presidente da empresa Triade do Tempo


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial