Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Sexta-Feira,
23 de Fevereiro de 2018




Trabalhe Conosco
A fotografia nossa de cada dia

Fotografar virou mania e o mercado eletrônico facilita o acesso aos equipamentos

São Paulo, 07 de dezembro de 2009

COMUNICAÇÃO
Nelton Silveira

A fotografia fixa um momento que nunca mais se repetirá e, apesar de estar relacionada com lazer e servir de lembrança, funciona como documento em todas as áreas sociais. As imagens registradas por uma câmera fotográfica têm um efeito não só estético e belo como também podem ser capazes de mudar a opinião pública.

Houve um tempo em que fotografia era coisa só de profissional. Hoje, com o avanço tecnológico, existe uma grande variedade de máquinas fotográficas fáceis de manusear.

Outros equipamentos como celulares e pequenas câmeras de vídeo, já dispõem da opção de fotografar. É possível ver até crianças tirando fotos com esses pequenos e funcionais objetos.

Apesar da facilidade de acesso a esses equipamentos, isso não transforma ninguém em um fotógrafo profissional. São necessários conhecimentos básicos para tirar fotos, mesmo que seja com as câmeras digitais, em que, basta apertar o botão e elas fazem o restante. Procurar dicas, cursos e ver fotografias feitas por profissionais também ajuda na hora de sair clicando por aí.

Confira dicas de fotografia digital por Bruno Maestrini

1) Enquadramento
Tente fugir do clichê de colocar o assunto sempre no meio da foto. Deslocar o objeto principal da imagem pode fazer toda a diferença para deixá-la mais interessante.
Divida mentalmente o visor da câmera em três colunas e três linhas, como em um jogo da velha. As intersecções das linhas são os pontos mais interessantes da sua foto. As linhas em si também mostram pontos de destaque, para colocar os olhos de uma pessoa ou o horizonte, por exemplo.

2) Flash desnecessário
Uma das coisas mais complicadas na fotografia é aprender a usar o flash de forma correta. Usar o flash muito em cima pode deixar a foto toda clara, e muito longe, escura.

Lembre-se que o flash tem um alcance limitado, de normalmente três a cinco metros, às vezes um pouco mais. Não adianta deixar o flash ligado em uma foto onde o foco é um objeto a 30 metros.

Um bom exemplo de mau uso do flash são nos shows. Em linhas gerais, não é necessário luz extra alguma nesse caso. A luz do palco é mais do que suficiente para sua foto. Usar flash só vai iluminar as cabeças de quem está na sua frente, fazendo sumir o resto.

3) Flash necessário
Um ambiente escuro não é o único lugar onde o flash é um acessório necessário. Em uma foto contraluz, por exemplo, o flash pode ser usado como preenchimento.
Quando você for tirar fotografia de alguém com uma fonte de luz ao fundo, como o sol, por exemplo, você pode notar que o sol vai ficar brilhante e somente a silhueta da pessoa vai aparecer. Neste caso, o flash irá suprir a falta de luz, deixando ambos visíveis.

4) Cuidado com o fundo
Tenha muito cuidado ao selecionar o local onde você vai tirar um retrato. A escolha do que aparece ao fundo é tão importante quanto ao que vem em primeiro plano.
Cores vibrantes, linhas e outros objetos podem interferir ou tirar a atenção do foco. Um erro engraçado, porém, muito comum, é tirar foto de uma pessoa em frente a uma árvore onde os galhos parecem formar chifres sobre a cabeça.

5) Retratos
Aproxime-se. Quando o assunto é uma pessoa, o que se quer mostrar, evidentemente, é a pessoa. Não tenha medo de chegar perto. Se quiser, pode até cortar um pouco da parte de cima da cabeça. A esta distância é possível reparar em detalhes como sardas e cílios. O que não pode acontecer é aquele monte de nada em volta e um pequeno sujeito no meio.

6) Olhe nos olhos
Tire fotos na altura dos olhos da pessoa. Para tirar foto de criança fique de joelhos, sente-se, atire-se no chão. Faça o necessário para ficar ao nível dela.

7) Fotos verticais
Muitos assuntos exigem uma foto vertical. Se o foco tiver mais linhas verticais, como um farol ou uma escada, vire a câmera.

8) Aproveite a luz
Não há luz mais bonita que a luz natural do sol. Sempre que puder, aproveite-a. Posicione-se de forma que a fonte de luz fique à suas costas, aproveitando assim a iluminação. É impressionante quanta diferença pode fazer um simples passo para o lado.
A luz difusa de um dia nublado é excelente para realçar cores e suavizar contornos, sendo excelente para tirar retratos. É preciso muito cuidado ao usar o flash. A luz dele, além de forte, tem uma cor diferente à do ambiente. Uma luz dura vai deixar rugas e imperfeições muito mais aparentes. Já notou como sempre se fica feio em foto 3x4? Eis a resposta.

9) Cor
A maioria das câmeras digitais vêm com controle de cor, ou white balance**. Esse controle de cor faz com que o branco seja realmente branco sob determinada fonte de luz. Mas as configurações pré-selecionadas da câmera nem sempre são as mais indicadas para quem quer fidelidade.

A configuração para dias ensolarados, normalmente, indicada por um pequeno sol, dá um tom mais amarelado às fotos. Essa tonalidade dá uma sensação de calor e afeto, tornando a foto mais interessante sob determinados aspectos.
Experimente bastante o controle de cor até acertar o que mais se adequa ao que você quer.

10) Experimente
Não há melhor dica do que esta: experimente. O segredo da fotografia está na tentativa e no erro. Leia todo o manual da sua câmera, para saber tudo que ela é capaz, e tente todas as configurações possíveis.

A fotografia é muito subjetiva, não há regras. O mais importante é aprender a dominar a luz e sua câmera, para depois fazer o que quiser.

Com essas dicas em mente, uma câmera na mão e criatividade, suas fotos serão, no mínimo, boas e você vai se apaixonar pelos resultados. Depois é só revelar ou montar um álbum digital e curtir com a família e amigos os melhores momentos captados pelo seu olhar.


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial