Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Segunda-Feira,
23 de Julho de 2018




Trabalhe Conosco
Celebração dos 100 anos com a presença do pastor José Maria Barbosa

O Centenário da oficialização do Ministério Jovem da Igreja Adventista do Sétimo Dia mundial foi comemorado com muita alegria pela equipe JA da Associação Paulista Sul no Unasp-SP, sob coordenação dos pastores Nelson Milanelli Júnior e Juvenildo da Silva Rego.

Para parabenizar o Ministério, um bolo de 100 metros, no formato da bandeira dos Jovens Adventistas, e recreação com o professor de Educação Física “Bolinha”, que com suas famosas brincadeiras com exercícios físicos apresenta uma aula da cultura de diversos países.

Esteve presente o pastor José Maria Barbosa, que durante mais de 20 anos foi departamental do Ministério Jovem. Também participou o pastor-geral Ronaldo de Oliveira, que disse palavras de motivação e parabenizou os cerca de 500 jovens presentes por serem AGentes da Esperança, e orou por eles.

O pastor José Maria Barbosa recordou o surgimento do Ministério, em 1852. A idéia nasceu da cabeça de dois adolescentes, de 14 e 17 anos: Luther Warren e Harry Fenner, que movidos pela vontade de evangelizar e se desenvolver, iniciaram os encontros de sábado à tarde que posteriormente foram estruturados no formado do Culto JA.

Segundo ele, sem o Ministério Jovem não existiriam os Desbravadores nem os Aventureiros. “O JA é um dos pilares da igreja”, diz. Até porque são os líderes jovens que conduzem a garotada nas atividades dos clubes. Ambos possuem importância crucial na formação com a importância que tem hoje. O JA dá base para que as crianças e adolescentes se tornem bons adultos. “Quem se envolve nas atividades propostas pelo Ministério Jovem tem base para o futuro”, afirma Barbosa.

Segundo o pastor Juvenildo da Silva Rego, os clubes são um ministério maravilhoso e precisam ser valorizados cada vez mais pela igreja em geral.

Há quem diga que os melhores momentos são os de hoje, pois temos mais ferramentas, a mídia, internet, e pessoas mais preparadas. “Mas para mim, os melhores momentos foram a criação do Ministério, foi quando nasceu o Clube de Desbravadores, e depois o Clube de Aventureiros, quando tivemos a primeira campal para jovens...” . Segundo Barbosa, os melhores momentos são todos os que marcam. “Um bom momento sempre acontece quando um jovem percebe o quanto é importante sua participação na igreja, quando se entrega a Cristo de verdade”.

“Eu tenho muita saudade do tempo dos Missionários Voluntários. Não sei se a mudança de nome influenciou alguma coisa, mas ao meu ver, naquela época o foco missionário das atividades e da vida dos jovens adventistas era mais intenso. Hoje a influência do pensamento pós-moderno é mais visível e real”, conclui.

O líder de jovens da região Sul, pastor Nelson Milanelli, concorda. Segundo ele, falta mais compromisso com a igreja. “Temos muitos jovens. Mas se você contar bem, são poucos aqueles que são realmente compromissados. E estes trabalham a segunda e a terceira milha, simplesmente por amor aos outros jovens.”

Débora Carvalho
Gislaine Westphal


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial