Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Terça-Feira,
18 de Setembro de 2018




Trabalhe Conosco
Morre ícone da cardiologia latino-americana

Ao lado de Zerbini, Luiz Venere Décourt foi mentor da moderna cardiologia latino-americana e da criação do Incor. Em 1968, chefiou a equipe clínica do primeiro transplante de coração do Brasil e segundo realizado no mundo.

Faleceu na noite desta segunda-feira (21/5), no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor-HCFMUSP), o professor emérito da FMUSP – Faculdade de Medicina da USP, Prof. Dr. Luiz Venere Décourt, 95 anos. O corpo será velado a partir das 13h desta terça-feira (22/5), na Sala da Congregação da faculdade, na Avenida Dr. Arnaldo, 455; e sepultado às 11 h desta quarta-feira (23/5), no Cemitério da Consolação – Rua da Consolação, 1660.

Prof. Décourt foi idealizador da criação do Incor, ainda na década de 50, ao lado do cirurgião Euryclides de Jesus Zerbini. Em 1968, chefiou o grupo clínico da equipe brasileira que realizou o primeiro transplante cardíaco no país e segundo no mundo, no paciente João Boiadeiro.

Em seus mais de 40 anos de carreira acadêmica na USP, Décourt produziu centenas de artigos, liderou inúmeros estudos e formou milhares de cardiologistas e pesquisadores no Brasil e América Latina – entre eles, os grandes nomes da especialidade nos últimos 30 anos. Sua contribuição para o desenvolvimento da moderna cardiologia latino-americana é considerada inestimável pelos especialistas.

“Prof. Décourt foi um exemplo de integridade, sabedoria e amor ao próximo. É, sem dúvida, o clínico de maior influência nas últimas décadas na cardiologia. Um didata com excepcionais dons de comunicação, que deixa imenso número de discípulos. Um líder que não pode jamais ser esquecido. Um mestre que deve ser lembrado pelas novas gerações como inspiração para uma medicina mais humana e igualitária”, diz Prof. Dr. Protásio Lemos da Luz, cardiologista, discípulo de Décourt, professor da FMUSP e diretor clínico do Incor.

Para o Prof. Dr. Noedir Stolf, discípulo do Prof. Zerbini, professor titular de Cirurgia Cardíaca e Torácica da FMUSP e diretor da Divisão Cirúrgica do Incor, Prof. Décourt “deixa para a medicina brasileira uma filosofia de ensino, pesquisa e atenção ao paciente baseada no critério científico, na observação clínica acurada do doente e numa sólida formação humanista”.

“Seu olhar generoso sobre o ser humano que sofre pela doença, não apenas física, mas também psicológica e social, sempre foi um exemplo para todos os alunos que tiveram contato com seus ensinamentos, independentemente da especialidade. Seu legado, assim como o do Prof. Zerbini, sempre estarão presentes na filosofia de trabalho do Instituto do Coração”, diz Prof. Dr. David Uip, infectologista e diretor executivo do Incor.

Informações sobre cerimônias fúnebres

Velório

Terça-feira, 22 de maio, a partir das 13h, na Sala da Congregação da FMUSP –Av. Dr. Arnaldo, 455 – 3º andar.

Sepultamento

Quarta-feira, 23 de maio, às 11h, no Cemitério da Consolação - Rua da Consolação, 1660

Rita Amorin


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial