Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Sábado,
21 de Abril de 2018




Trabalhe Conosco
A fome no Brasil

Apesar do grande avanço científico e tecnológico, a civilização moderna não superou o drama da fome. Milhões de seres humanos vivem, em estado de pobreza absoluta, pois sua renda é tão baixa que não têm condições de ter pelos menos uma refeição diária satisfatória, condenados a uma crônica subnutrição.  Segundo a ONU Organização das Nações Unidas 17% da população mundial passa fome, ou seja, 1 bilhão de pessoas.

De 170 milhões de brasileiros, 50 milhões vivem abaixo da linha da pobreza e 32 milhões de pessoas não tem o que comer, passam fome. Este é um número real do Brasil.

Mas, Igreja Adventista do Sétimo Dia realiza projetos para amenizar esta estatística com os departamentos da ADRA Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Naturais e os Jovens Adventistas.

Em dezembro de 1994, Sérgio Azevedo e sua esposa, Marli Azevedo, tiveram a idéia de realizar uma gincana na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Botafogo, no Rio de Janeiro, mobilizando todos os membros na arrecadação de alimentos para a ADRA local e outras instituições de Assistência Social. O projeto Mutirão de Natal.

Depois de 1994 muitas outras igrejas adventistas pelo Brasil também entraram nesta campanha.
Em todo o Brasil o programa Mutirão de Natal do ano passado arrecadou mais de 2200 toneladas. Só na região sul do Brasil foram mais de 450 toneladas.

Porém a ADRA não ajuda somente na época do Natal. Durante o ano todo eles também se preocupam com o próximo.

“Eu me sinto muito bem, realizada, me sinto até outra pessoa quando eu ajudo ao próximo” afirma a diretora da ADRA da igreja do Jd. Lilah zona sul de São Paulo, Dirce Borges Bezerra.

Dirce realiza um trabalho de assistência a comunidade distribuindo cestas básicas e ela diz, “infelizmente o povo está muito acomodado, estão acostumados com a pobreza”

O objetivo de Dirce este ano junto a ADRA é de auxiliar as pessoas que não tem comida em casa a realizarem um curso profissionalizante no ECOI Espaço Comunidade Esperança um projeto que a Associação Paulista Sul desenvolveu. “Mas não precisa ser somente através da ADRA que você pode ajudar os outros, cada um pode fazer a sua parte, a ADRA é um departamento que a igreja tem para ajudar a quem pedir”, comenta Dirce.

O enfermeiro Eurico Cidral é este exemplo, ele doa uma cesta básica para uma família todo o mês e diz, “é uma alegria e é o mínino que eu posso fazer para ajudar ao meu próximo, isso é fundamental seja qual for à época do ano.”

“Era uma benção o mês que eu recebi uma ajuda com alimento, pois tinha mês que eu ganhava tão pouco com o meu trabalho que não dava nem para comprar feijão lá pra casa. São verdadeiros anjos enviados por Deus”, fala Juceline Silva, que foi domestica durante 4 anos e hoje trabalha em uma empresa como faxineira e ganha uma cesta básica, e ela acrescenta, “hoje com a cesta que eu ganho, dá para ajudar a minha vizinha e eu sei que ela fica muito feliz”.

“Um dos mandamentos que Deus nos orientou fala sobre amar ao próximo como a Ti mesmo. Ajudar ao próximo é fundamental seja com um alimento, um sorriso, e até mesmo falar de Jesus.” Afirma Eurico.

Gislaine Westphal


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial