Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Terça-Feira,
18 de Setembro de 2018




Trabalhe Conosco
Cientistas suíços decifram fenômeno de "saída do corpo"

Sem ter a intenção de descobrir a existência de uma alma, experiência comprova que experiências de desencarnação são ilusão

Durante a localização de áreas chave do cérebro, por estímulos elétricos, a fim de identificar certas partes do córtex responsáveis por formas severas de epilepsia, os neurologistas Olaf Blanke e Margitta Seeck fizeram a descoberta de causa da conhecida sensação de "saída do corpo", freqüentemente descrita durante experiências de morte iminente. Ela é provocada por  "perturbações de um processo complexo de coordenação, que se pode atualmente localizar no cérebro", revelaram os cientistas suíços.

"A representação corporal fica perturbada (...) enquanto se estimula eletricamente a junção temporoparietal", concluíram os pesquisadores do Departamento de Neurociências Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de Genebra (UNIGE) e do Instituto de Neurociências da Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL).

"Neste momento, o cérebro gera uma imagem do corpo, mas esta imagem é deslocada, como que projetada sobre o corpo, à frente ou atrás dele", descreveram os cientistas em um comunicado publicado nesta quarta-feira, 22 de novembro.

"Nos dois primeiros casos, os pacientes reconheceram ainda sua própria imagem; no último, ao contrário, eles sentiram uma outra presença, sombria e ameaçadora", explicaram.

Segundo o jornalista Michelson Borges, "mais uma vez a ciência concorda com a Bíblia. Em Gênesis 2:7 somos informados de que o ser humano é uma alma, que no hebraico é nephesh e significa simplesmente ser vivente e não que ele tem alma". Borges explica que,  de acordo com a Bíblia, somos seres com natureza tripla integrada: física, mental e espiritual. "Quando morre, o ser humano deixa de ser a harmoniosa união entre pó da terra (elementos bioquímicos) e fôlego de vida (energia vital). O pó volta ao pó e o fôlego volta para Deus. A pessoa passa a não existir (estado que é comparado ao sono inconsciente em Eclesiastes 9:5 e 6) e só poderá ressuscitar por ocasião da volta de Jesus (I Tessalonissenses 4:16).


Débora Carvalho

www.michelsonborges.com


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial