Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Terça-Feira,
17 de Julho de 2018




Trabalhe Conosco
VIII Aventuri aproveita tecnologias e inovações para falar de Deus para crianças

clique aqui para ver as fotos

São Sebastião, São Paulo: “Deus tem um sonho pra mim” – foi o que quinhentas e cinqüenta crianças cantaram em um fim de semana recreativo e espiritual no oitavo Aventuri da Associação Paulista Sul, ocorrido entre 23 e 25 de junho. Com o tema Sonhos de Deus, os aventureiros acompanharam os principais lances da vida do personagem bíblico José, por meio de encenações, brincadeiras, desenho animado e um mascote que os encantou. (clique aqui para fazer o download de 575 fotos; mais informações ao fim do texto)

Foram 34 clubes reunidos no Hotel Fazenda Três Poderes em São Sebastião , a menos de dois quilômetros da praia, no litoral norte de São Paulo. Eram crianças de 9 anos ou menos que assistiram as encenações da vida de José, envolvendo mais de 70 atores em cenas que prendiam a atenção deles e dos adultos.

Produção

Ensaiada e conduzida por Wagner Ferreira, a dramatização ocorria ao início de cada uma das seis reuniões. Com direito a efeitos de som, luz, fumaça e um figurino do tempo das pirâmides, a peça ganhou emoção e profissionalismo. Os diversos diretores e regionais de aventureiros fizeram diversos elogios à peça, inclusive do pastor Ronaldo de Oliveira, que assistiu a primeira.

Depois das peças, a professora Rosemari de Oliveira trazia lições de vida do personagem e apelos para uma nova atitude das crianças. E a energia acabou três vezes no momento exato dos apelos. Vários diretores de clube vieram até os organizadores dizendo que eram muito estranhas aquelas “coincidências”.

Além disso, o carro em que Rosemari, seu filho, nora e neta viajavam entrou em pane duas vezes, a segunda na serra, sem acostamento, nem postes de luz, obrigando-os a se refugiarem na mata. Momentos difíceis, que se somaram na matemática das “coincidências.”

O cenário, trabalhado por Cláudio Silva, significou três dias de cortes e pinturas na tela central e nas pirâmides de 2 metros de isopor. Cláudio oferece um apoio na construção de cenários dos últimos três anos no Aventuri, e ajudou a construir o do Campori Sempre de Jesus, em 2005, um dos mais aplaudidos. Nas paredes, constelações fixadas com estrelas de isopor. Não foi à toa a participação de 61 pessoas na equipe de apoio.

Na onda das inovações, o VIII Aventuri contou ainda com um desenho animado feito por Rogério Porto, membro da igreja de Santo Amaro, que trabalha como designer gráfico. O personagem interagia com o pastor Nelson Milanelli, diretor do departamento dos aventureiros, nas boas vindas e despedidas.

É algo inédito nos eventos da Associação. E Rogério já produziu “cartas missionárias” animadas e acredita que este recurso acelera o aprendizado: “Acho que este tipo de tecnologia usada na igreja ajuda as crianças a absorverem melhor o conhecimento. A mídia aí fora já aproveita isso... Fico feliz em ver isto sendo usado na igreja”.

Mascote

Porém os aventureiros se encantaram quando viram o mascote José vindo [clique na palavra anterior para fazer um download de vídeo; mais informações no fim do texto]  pelo corredor central. Inspirado no personagem do CD da cantora Alessandra Samadello, foi adaptado com a devida permissão. Do mesmo CD foi cantada escolhida  a música-tema do programa.

Com sorriso infantil e grandes pés e mãos, o mascote produzido na mesma empresa que os da Turma do Nosso Amiguinho, atraía abraços e dezenas de pessoas pedindo uma pose para fotografia. “O José”, como era chamado foi a sensação do VIII Aventuri.

“Eu achei ele um cara muito legal, porque ele é de Deus”, conta Igor Souza,  aventureiro há dois anos. Já para Gabriel Amaral, o mais chamativo era “a cabeça dele”. Maira da Silva, de 9 anos, ele é “legal porque deu muito trabalho para fazer.”

Movimentos

No sábado à tarde, as crianças participaram de 18 brincadeiras relativas ao José da Bíblia. Por exemplo, tinham de limpar a casa de Potifar (patrão de José em certa fase), pescar os nomes dos 12 filhos de Jacó, participar de jogo da memória bíblico, encontrar a chave para tirar alguém da prisão representando José, entre outros.

À noite foi a vez do Tramping Movimento agitar as crianças, conduzidas por César Bezerra, professor de Educação Física do Unasp - São Paulo, acompanhado por 15 alunos e professores. Eram coreografias ritmadas por músicas que fizeram até os adultos participarem do momento social.

No domingo pela manhã, a garotada pulou em camas elásticas trazidas em uma carreta pelo Tramping Movimento. Cada criança era acompanhada por um integrante do grupo, sem riscos. Outras crianças também pulavam... mas na água da piscina rasa, campeã no gosto da garotada. Outra piscina, mais funda foi isolada com fitas, para segurança dos aventureiros.

Atrações

Animais espalhados: lhamas, garças, vários pavões, gansos, faisões, cachorro chinês e outro grande, que latia para beber água numa torneira, todos soltos, despertavam a curiosidade das crianças. A lhama (animal originário da região dos Andes, “prima” do camelo) pode lançar um jato de vômito contra estranhos. Apesar da excentricidade do bicho, atraiu a simpatia de todos.

Um planetário foi contratado para o Aventuri. As crianças viram as principais astros e planetas do nosso Sistema Solar. A viagem virtual pelas estrelas combinou com uma das atividades dos clubes que era estudar as constelações.

Investidura

Momento solene do Clube dos Aventureiros, a investidura, ocorreu no sábado de manhã. Sete pessoas receberam o lenço de líderes de clubes. Entre eles, dois pastores – Emerson Iamamoto e Paulo Dias. A cerimônia foi dirigida pelo pastor Roberto Urel, Diretor do departamento de Jovens, Desbravadores e Aventureiros da Associação Paulista Oeste (sede administrativa da Igreja Adventista para a região Oeste de São Paulo).

Para a surpresa do pastor Nelson Milanelli, seu filho Kaleo, de 6 anos, se tornaria um aventureiro. Dias antes, devido a alguns contratempos o pastor Milanelli não conseguiu chegar a tempo da investidura do filho. Então, amigos da Associação e da equipe de apoio trouxeram o menino para ser investido novamente pelo pai. Segundo a mãe, Marina Milanelli, o sorriso do garoto expressou todo o apego que tem ao pai. “É muito bom sentir e ver meu filho se envolvendo com as coisas da igreja”, conta o pastor Nelson.

Para Wagner, diretor de teatro, convidado para dirigir as encenações do Aventuri, a investidura foi momento que mais lhe chamou a atenção. “Achei fantástico todo aquele ritual da entrega dos lenços. O momento que eu mais gostei foi da investidura.”

Todo o esforço e investimento feitos no Aventuri demonstram a importância que a Igreja Adventista do Sétimo Dia dedica às crianças. Futuros profissionais e líderes da sociedade, suas mãos vão receber a tocha do destino das famílias e da igreja – é o que destaca o pastor Milanelli: “Eles são um terreno hiper-fértil para a semente do evangelho. Vale a pena investir agora naqueles que formarão os lares e serão os líderes de amanhã.”

Para boa parte deles, o próximo passo será participar do Clube de Desbravadores. É o caso de Igor, que participou de seu último Aventuri e conta; “eu já tenho dez anos e ano que vem eu vou para os desbravadores.”

Mais do que uma oportunidade de entretenimento, o Aventuri teve o objetivo de confirmar no coração das crianças a certeza de que Deus tem um plano para eles: “Eles entenderam que Deus tem um sonho pra eles, podem confiar e acreditar.”, conta o pastor Juvenildo Rego, Diretor Associado de Desbravadores e Aventureiros.

Diogo Cavalcanti


Fotos: Jeferson Paulo (na piscina), Nelson Milanelli (no download - piscina, cama elástica, parque) e Diogo Cavalcanti (demais)


Clique aqui para fazer o download de 575 fotos.

Clique aqui para fazer o download da entrada do mascote José.


------------------------------------------------------------------------

Informações sobre o download:

1. As fotos estão em formato JPG, com média de 30 a 50 KB de tamanho. Porém, dependendo da sua conexão, pode levar vários minutos para baixá-las. De qualquer forma, vale a pena. É uma boa lembrança para se guardar.

2. Após clicar no link acima e na opção clique aqui da próxima janela, escolha a opção "Salvar".

3. As fotos estão "zipadas". Isto significa que, ao abrir a pasta, você deve selecionar os arquivos e digitar "Enter". Então o seu computador vai exibi-las no Visualizador de imagens do Windows.



  Envie a um amigo

 Veja também
  Qual foi o primeiro clube do Brasil?
  Fotos de materiais para ensino infantil
 
 
Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial