Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Sexta-Feira,
20 de Julho de 2018




Trabalhe Conosco
Igreja Adventista torna-se o maior grupo de guardadores do sábado no mundo

Michelson Borges*

A população judaica no mundo cresceu 2 por cento desde 1970, e atualmente é de cerca de 13 milhões de pessoas, segundo o relatório sócio-demográfico elaborado pelo Instituto de Planejamento do Povo Judaico, vinculado à Agência Judaica (no mesmo período, a população mundial cresceu 70 por cento). “Depois do Holocausto, no qual um terço dos judeus morreu, a população judaica no mundo era de 11 milhões. Para chegar a 12 milhões se passaram 13 anos, e outros 46 anos para atingir 13 milhões”, contabiliza o Professor Sérgio Della Pérgola, da Universidade Hebraica de Jerusalém e que dirigiu a pesquisa. Como a Igreja Adventista do Sétimo Dia ultrapassou recentemente a marca dos 14 milhões de membros no mundo, os adventistas se tornaram, pela primeira vez na História, o maior grupo defensor e guardador do sábado no planeta.

Atualmente, a Igreja Adventista do Sétimo Dia é tida como a maior defensora do criacionismo bíblico. Por isso já foi até acusada de “fundamentalista” por revistas seculares. Essa polarização – de um lado os defensores do sábado e da Criação e de outro os que sustentam o darwinismo (e há muitos cristãos entre eles) acima de qualquer outra visão sobre as origens – possivelmente ajudará a conduzir à controvérsia da qual fala a escritora Ellen G. White.

Num momento em que a onda anticriacionista se agiganta na mídia e nos meios acadêmicos (basta fazer um levantamento da quantidade de matérias veiculadas pela imprensa no ano passado contra a idéia de um Criador), isso é significativo. Ellen G.White  prediz que nos últimos dias “o sábado será a pedra de toque da lealdade; pois é o ponto da verdade especialmente controvertido. Quando sobrevier aos homens a prova final, traçar-se-á a linha divisória entre os que servem a Deus e os que não O servem. Ao passo que a observância do sábado falso em conformidade com a lei do Estado, contrária ao quarto mandamento, será uma declaração de fidelidade ao poder que se acha em oposição a Deus, é a guarda do verdadeiro sábado, em obediência à lei divina, uma prova de lealdade para com o Criador”. – O Grande Conflito, pág. 605.

Judeus e adventistas em números**

- Em 1900 havia 10,5 milhões de judeus no mundo e apenas alguns milhares de adventistas.
- Hoje há 13 milhões de judeus e 14 milhões de adventistas no planeta.
- No Brasil, são 110 mil judeus e quase 1,5 milhão de adventistas.
- Nos Estados Unidos e em Israel se concentram as maiores populações de judeus (5,7 milhões e 5,1 milhões, respectivamente, o que representa 80 por cento do judaísmo mundial); o Brasil possui a maior quantidade de adventistas do mundo, seguido dos Estados Unidos.

**(Dados da Federação Israelita Brasileira, Confederação Israelita do Brasil e Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia - IASD)

 

 

*Michelson Borges é jornalista, membro da Sociedade Criacionista Brasileira (www.scb.org.br) e autor dos livros Nos Bastidores da Mídia, Por Que Creio e A História da Vida (www.cpb.com.br).

 


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial