Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Quinta-Feira,
26 de Abril de 2018




Trabalhe Conosco
Eu estava lá

clique aqui para ver as fotos

Itaipava recebe 60 clubes de desbravadores com muitas atividades recreativas e momentos de louvor e adoração

São Paulo, 23 de novembro de 2009

DESBRAVADORES
Danúbia França

A fazenda de Itaipava, Vale do Ribeira- SP, ficou pequena para os mais de 2200 desbravadores- juvenis e adolescentes de 10 a 15 anos, que se reuniram para saírem da rotina na capital e participarem de momentos inesquecíveis com muita diversão, louvor e adoração.

O campori, acontecimento mais esperado do ano pelos desbravadores, teve início no dia 18/11, quarta, e se estendeu até o dia 22, domingo. No total, 60 clubes estiveram acampados em barracas, e durante os 4 dias, desenvolveram diversas atividades preparadas com muito carinho pelos organizadores do evento.    

A programação foi bastante diversificada. Com o tema “Pela graça de Deus”, os desbravadores participaram na parte da manhã dos programas espirituais. A cada dia um pastor apresentou diferentes temas que foram discutidos entre os acampantes. No período da tarde, os acampantes realizaram atividades que contaram pontos, e para finalizar, a noite, todos se reuniram para estudarem a Bíblia.

Um momento especial do evento foi a preparação do local para os batismos e a entrada da réplica da Bíblia mundial, em comemoração ao projeto chamado Siga a Bíblia, que consiste na divulgação da importância da Bíblia como guia constante na vida das pessoas, . “Este livro além de ser sagrado é poderoso, está levando muitos  ao batismo. O
importante é que as palavras que estão contidas na Bíblia toquem o coração dessas pessoas”, diz o pastor Ronaldo de Oliveira, líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia para a região Sul de São Paulo.

Durante o campori, que teve a participação do quinteto Haves, a presença do pastor Helbert Roger Almeida, líder religioso para os jovens da região sul de São Paulo e a participação dos pastores Nelson Milaneli, Ronaldo arco, Marcelo Schesser, pastor Venefrides, entre outros
, foi comemorado os 50 anos do clube de desbravadores no Brasil. “É bom estar junto aos jovens novamente. Trabalhei  diretamente com eles e foi muito gratificante. Para mim, foi sempre uma troca, ensinava e aprendia também. E o trabalho que os desbravadores vêm realizando durante os 50 anos é de sentir orgulho”, comenta o pastor Nelson Milaneli.

Para o pastor Juvenildo Silva Rego, coordenador associado dos desbravadores para a região sul de São Paulo, esses jovens são exemplos de coragem, determinação e testemunhas de Cristo, e merecem reconhecimento. “Ser um desbravador não é apenas vestir o uniforme e fazer as atividades solicitadas, é ir além, é ter uma comunhão intensa com Jesus e colocar em prática Seus ensinamentos, dentro de casa e com o próximo também. Fico feliz pelos 50 anos do clube no Brasil, e o objetivo desse evento não é só se divertir, mas agradecer a Deus o trabalho que eles fazem. Na Associação Paulista Sul- APS temos 4000 desbravadores e em São Paulo, 15000”, explica.

CLUBE DOS DESBRAVADORES

O clube de desbravadores é dirigido pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, desde 1950. O principal objetivo é formar cidadãos responsáveis, conscientes do seu papel na sociedade e do seu dever de cuidar de si mesmos, e de fazer o que estiver ao seu alcance para ajudar o próximo.

Os desbravadores se reúnem aos domingos pela manhã, para aprenderem ordem unida – exercício para a disciplina, a coordenação motora, o reflexo e o senso de trabalho em equipe. Além disso, todos eles também desenvolvem atividades de estudo e preservação da natureza, artes manuais, arte de acampar, recreação e cuidados com a saúde física e mental. Nos acampamentos eles aplicam tudo o que aprenderam.

Entre as tarefas para a semana, os desbravadores praticam uma boa ação por dia, além de cultivar uma vida saudável, cuidando do corpo, mente e espírito. E nas atividades realizadas, eles aprendem técnicas de sobrevivência, como
fazer fogo sem fósforo, praticam caminhadas, escaladas, exploram matas e cavernas, desenvolvem a criatividade e a solidariedade.


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial