Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Segunda-Feira,
10 de Dezembro de 2018




Trabalhe Conosco
Mulheres são encorajadas a tomar medidas contra violência

Vítimas de violência machista contaram suas histórias mediante apresentações de vídeo junto à Comissão das Nações Unidas Sobre Condição da Mulher no mês passado.
 
São Paulo, 27 de abril de 2009

Adra
Nadia McGill

O seminário de relato de histórias, patricinado pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais [ADRA] apresentou mini-documentários como uma forma de informar as comunidades a respeito de violência machista. Muitos projetos da ADRA pelo mundo propiciam a mulheres oportunidades de se tornarem auto-suficientes, e patrocinar essa narrativa de suas histórias é um passo nesse rumo, afirmou um porta-voz da ADRA.
 
“Por apoiar métodos de comunicação que permita às mulheres falar candidamente sobre seus desafios e aspirações pessoais, estamos lhes concedendo uma voz que contribuirá por fim para transformar suas próprias comunidades para melhor”, declarou Hearly Mayr, dirigente da ADRA para conscientização pública.
 
Essas curtas producões expressam as muitas e variadas experiências e desafios que as mulheres por todo o mundo defrontam numa base diária”, disse John Torres, gerente titular de relações públicas da ADRA.
 
Os vídeos contam relatos de mulheres em relacionamentos abusivos, e empregam fotos e vídeos que as próprias mulheres editam.
 
Os projetos de relato de histórias foram organizados pelo Centro Digital Para Relato de Histórias em Berkeley, Califórnia, EUA. A representante do Cento, Amy Hill, apresentou os relatos digitais a pedido da ADRA durante a convenção da ONU.
 
Hill, dirigente de O Silêncio Fala/Projetos Especiais do Centro Digital Para Relato de Histórias apresentou vídeos preparados por mulheres da África do Sul, Uganda e Estados Unidos.
 
A comissão da ONU, realizada no mês passado em Nova York, foi originalmente criada em 1946 para avaliar o progresso no rumo da igualdade entre os sexos, identificar desafios que ainda restam, estabelecer padrões globais e criar políticas para o progresso das mulheres.
 
Para mais informações visite
www.adra.org .
Silver Spring, Maryland, United States
Nadia McGill/ANN Staff


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial