Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Domingo,
25 de Fevereiro de 2018




Trabalhe Conosco
Dicas de segurança para evitar assaltos e sequestros

Todo cuidado é pouco: fique atento às dicas de segurança e evite situações de risco

São Paulo, 4 de março de 2009

COMUNICAÇÃO
Da Assessoria de Imprensa
        
Assaltos e sequestros, infelizmente, são muito comuns em cidades mais populosas, nas grandes metrópoles, por exemplo. Nos últimos tempos, nem mesmo condomínios fechados e monitorados por empresas de segurança, têm escapado de ações de criminosos. Diante disso, redobre sua atenção e fique de olho em algumas das dicas dadas pelo Sindicato das Empresas de Segurança Privada (SESVESP), abaixo para evitar situações de risco.

• Ao chegar ou sair de casa, redobre a atenção, pois são ocasiões propícias a assaltos e seqüestros.
• Ao perceber algo estranho – principalmente pessoas em atitudes suspeitas próximas ao portão, não entre em casa. Dê mais uma volta no quarteirão e, se for o caso, chame a polícia.
• Jamais posicione o veículo diretamente para entrar na sua garagem. Antes de fazê-lo, examine bem as imediações, se necessário passe em frente ao seu portão e constate que não haja pessoas ou veículos suspeitos. Se houver, pare à distância segura e observe o comportamento dos suspeitos. Caso persista dúvida, telefone também para a residência e cheque se está tudo bem com seus familiares, alertando-os sobre a situação.
• Dê preferência para portões de garagem automáticos, com controle remoto, que evitam ter de descer do veículo na chegada ou saída da residência.
• Nunca deixe seu veículo ligado ou com as chaves no contato se precisar descer para abrir o portão da residência. Esse é um momento propício para um marginal assaltá-lo e apoderar-se do seu veículo.
• Se, no trânsito, perceber que está sendo seguido por outro veículo, não vá para sua casa. Procure agir com naturalidade e dirija-se para vias de grande movimento, onde será muito mais difícil a perseguição e bem mais fácil localizar uma viatura da polícia.
• Habitue-se a telefonar para sua casa sempre que estiver chegando e combine com seus familiares palavras-código que possam identificar qualquer problema que esteja ocorrendo.
• Se possuir cão de guarda, na abertura do portão para a entrada ou saída do veículo, peça para que uma pessoa da família o acompanhe, junto com o cão. Cães, mesmo os não ferozes, sempre intimidam um possível agressor.
• Se estiver chegando em casa de carro e a rua for deserta, especialmente à noite, e perceber alguém pedindo auxilio à frente ou sentir que seu pneu furou, não pare! Buzine, acelere o carro, tente se livrar dos obstáculos e procure fugir, mesmo com o risco de danificar o veículo.
• Depois disso, e quando sentir-se em segurança, avise a polícia. Se perceber que está sendo seguido por outro veículo, procure agir com naturalidade, tente uma ação evasiva, busque um posto policial e peça ajuda.
• Se estiver a pé, não facilite o acesso de estranhos, mesmo que não esteja carregando dinheiro ou valores. Procure variar sempre o caminho para chegar em casa.
• Quem utiliza transporte coletivo deve procurar os pontos com maior movimento, de preferência aqueles localizados à porta de estabelecimentos comerciais, tanto para embarcar como para desembarcar.

GT Comunicação e Marketing
(11) 5051-3114 ou (11) 5051-5939
Jennifer Toledo –
jennifer@gtmarketing.com.br
Luciana Albernaz –
luciana@gtmarketing.com.br


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial