Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Terça-Feira,
16 de Outubro de 2018




Trabalhe Conosco
Dia Mundial da Religião

Apesar da religiosidade se popularizar cada vez mais, há ainda uma divisão entre os crêem com relação àqueles que não crêem em Deus.

São Paulo, 21 de janeiro de 2009

Crença
Érico Farias

Provavelmente há Deus. A palavra religião do latim “religio” significa “ligar novamente” uma ligação do homem com seu deus. No entanto, existem muitas religiões e cada uma delas procura pôr o ser humano em sintonia com alguma divindade. A religião propõe dar respostas sobre a existência do homem, criação do universo e vida após a morte.

Cada religião também tem suas características como também suas doutrinas, um conjunto de princípios que serve de base para as crenças. Outro ponto em comum são os livros sagrados. Cada religião apresenta um livro com orientações reveladas pelo seu deus ou por seus profetas para guiar os homens durante sua vida ou peregrinação na terra.

As três religiões que abrangem quase metade da população mundial são o Cristianismo, Islamismo e Judaismo.
Os cristãos, têm a Bíblia como fonte de revelação divina, que conta sobre a longa experiência do povo de Israel, nascimento, morte, ressurreição e retorno do Messias, esta última, aliás, a grande esperança dos seguidores deste segmento religioso;

Os islâmicos acreditam ser o Alcorão a palavra literal de Deus revelada pelo profeta Maomé. Sendo assim, para eles este livro é sagrado e guia seguro enquanto na Terra, até que alcancem as promessas ali também descritas;
os judeus lêem a Torá, dividida em cinco partes: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. A Torá teria sido entregue por Deus a Moisés após a saída do povo de Israel do Egito, ou seja, após sua libertação como povo escravo. De acordo com algumas tradições, Moisés teria escrito a Torá.

Provavelmente não há Deus. O número de ateus, pessoas que não têm nenhuma religião, tem crescido e se tornado um movimento forte em todo o mundo, principalmente na Europa. Uma campanha realizada em Londres, na Inglaterra, preparou frases que questionam a existência de Deus e para isso espalharam cartazes a respeito disso na cidade.

Cerca de 800 ônibus circulam na capital britânica com frases como: “Provavelmente não há Deus. Agora pare de se preocupar e aproveite sua vida” e nas estações de metrô também existem cartazes com frases semelhantes. A campanha teve o apoio de Richard Dawkins, autor do livro “Deus um delírio”

A autora da iniciativa, a escritora Ariane Sherine, disse que as doações para a produção dos cartazes aumentaram, o que demonstra que o ateísmo cresce forte na Grã-Betanha. Segundo o site Atheos, cerca de 10% dos cidadãos dos países de primeiro mundo são ateus.

“ Toda pessoa tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular”

– Artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos. 

Número de adeptos por religião*

Cristianismo: 2100 milhões
Islão: 1300 milhões
Hinduísmo: 870 milhões
Sem religião: 769 milhões
Religiões tradicionais chinesas: 405 milhões
Protestantismo: 375 milhões
Cristianismo Ortodoxo: 220 milhões
Anglicanismo: 80 milhões
Cristãos independentes: 430 milhões
Budismo: 379 milhões
Sikhismo: 25 milhões
Judaísmo: 15 milhões
Religiões tradicionais africanas: 100 milhões
Novas religiões: 108 milhões

*Fonte: Gordon Conwell Theological Seminary


  Envie a um amigo

 Veja também
  Exercício Físico: Forte aliado no combate à depressão
 
 
Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial