Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Sábado,
24 de Fevereiro de 2018




Trabalhe Conosco
Parque do Ibirapuera recebe ponto de entrega de lixo reciclável

Núcleo de Educação Ambiental conscientiza população sobre o uso do plástico na vida moderna

São Paulo, 1º de dezembro de 2008

RECICLAGEM
Da Assessoria de Imprensa

O Parque do Ibirapuera receberá, no próximo sábado, 29 de novembro, o Ponto de Entrega Voluntário Monitorado (PEVM), através de uma parceria da Plastivida Instituto Sócio Ambiental dos Plásticos, com a Prefeitura do município de São Paulo e a BR+10 Ambiental. O objetivo da ação é o incentivo à coleta seletiva do lixo para reciclagem.

Os PEVMs são contêineres, inspirados em bancas de jornal da cidade, desenvolvidos para a coleta do lixo reciclável. Seus compartimentos foram projetados para receber e armazenar adequadamente plásticos em geral, incluindo Isopor® e sacolas plásticas, papel, metal, vidro e óleo de cozinha usado. Os resíduos sólidos serão acondicionados em sacos de plástico (big bags) e o líquido em bombas impermeáveis, também de plástico. Todo material coletado será encaminhado a uma das centrais de triagem da prefeitura. Essa unidade do PEVM atenderá cerca de 1 milhão pessoas por mês que freqüentam Parque.

O papel da prefeitura nessa parceria é cuidar do acondicionamento do espaço e da infra-estrutura para o recebimento do contêiner. A Prefeitura e a Plastivida têm como objetivo educar a população para que esta pratique a coleta seletiva. Além disso, o programa contribui na geração de empregos e renda. A Prefeitura autorizou a instalação de 1000 PEVMs no município de São Paulo, com o objetivo de suprir a carência de locais de recebimento de materiais recicláveis. Com essas instalações, a Prefeitura pretende criar cerca de 1.200 empregos indiretos. Os catadores passam a ser associados de cooperativas conveniadas à Prefeitura, que investe aproximadamente R$ 7,5 milhões por ano em centrais de triagens e liberação de caminhões às cooperativas do município.

Os PEVMs são verdadeiros núcleos de educação ambiental, pois contam com a presença de um agente que monitora e conscientiza a população sobre a importância da coleta seletiva e quais materiais podem ser reciclados, bem como distribui cartilhas explicativas. A BR+10 Ambiental é a empresa que gerencia os PEVMs: implanta as estruturas físicas de recebimento, seleciona e capacita os agentes ambientais e administra os demais processos logísticos e operacionais.

Estarão presentes na solenidade de inauguração do PEVM do Ibirapuera a vereadora Mara Gabrilli, os secretários Andrea Matarazzo e Eduardo Jorge, o subprefeito da Vila Mariana, Fábio Lepique e o presidente da Plastivida, Francisco de Assis Esmeraldo, entre outras autoridades.

Na ocasião, a Plastivida promoverá ações educativas de preservação do meio ambiente, entre elas, uma oficina de reciclagem para o público infantil, com o objetivo de ensinar as crianças como fabricar seus próprios brinquedos com materiais recicláveis, tais como garrafas, potes, tampas, sacolas plásticas, entre outros. A Plastivida também distribuirá o livro feito de plástico “Lalá e a Sacolinha Falante”, que trata sobre a coleta seletiva e reciclagem, sobretudo do uso consciente das sacolas plásticas.

O evento de inauguração será realizado na Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº, no Parque do Ibirapuera sob a Marquise, próximo ao Museu Afro. Posteriormente a estrutura será instalada definitivamente no acesso do portão três do Parque, próximo ao estacionamento.

Os resultados dos dois primeiros PEVMs de São Paulo
O primeiro PEVM instalado no município de São Paulo está localizado no bairro da Lapa, região Oeste da capital. Inaugurado no dia 08 de março, no Pelezão (Clube Escola da Lapa), já até este mês 16.381 toneladas de recicláveis.
Já a unidade da Brasilândia, região Norte da capital, inaugurada no dia 16 de agosto, no CEE Oswaldo Brandão, já recebeu 4.443 toneladas de recicláveis.
As unidades recebem material reciclado 24 horas por dia, por estarem localizadas em local aberto e de fácil acesso ao público.

“O projeto da Plastivida é espalhar o equipamento em toda a cidade para estimular a população a separar e reciclar o lixo”, disse Francisco de Assis Esmeraldo. A Plastivida investe cerca de R$ 40 mil em cada PEVM e tem a intenção de patrocinar seis em São Paulo, incluindo as unidades da Lapa, Brasilândia e a do Parque do Ibirapuera.

Sobre a Plastivida

A Plastivida representa institucionalmente a cadeia produtiva do setor, divulga a importância dos plásticos na vida moderna e promove sua utilização ambientalmente correta, ao mesmo tempo em que prioriza iniciativas de responsabilidade social.
A Plastivida faz parte do Plastics Global Meeting, Encontro mundial das entidades congêneres da Comunidade Européia, Estados Unidos, Canadá, Japão, México, Argentina, Austrália e China, compartilhando novos conhecimentos e tendências.

Esse acervo, por si só, credencia a Plastivida a enfrentar os novos desafios decorrentes das rápidas e profundas transformações do mundo contemporâneo, onde uma nova consciência social e ambiental exige posturas responsáveis e cada vez mais atuantes. É neste particular que se insere a ação do Instituto, mostrando a importância da contribuição da cadeia produtiva dos plásticos para o bem-estar da sociedade brasileira.

Serviço:
Evento: Inauguração do PEVM
Endereço: Parque do Ibirapuera – Marquise (próximo ao Museu Afro)
Data: 29 de novembro – sábado
Horário: 14 horas
                        


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial