Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Domingo,
18 de Fevereiro de 2018




Trabalhe Conosco
Votar também é coisa de criança

Pequenos alunos de 3 a 11 anos manifestarão amanhã (24/10) sua intenção de voto em simulação de eleição no colégio Adventista de Santo Amaro; eles participarão como eleitores e mesários

São Paulo, 23 de outubro de 2008

CIDADANIA
Ágatha Lemos

Embora votar seja obrigatório no Brasil, os problemas constantes relacionados à política devem inspirar cada brasileiro, independentemente da obrigatoriedade ou não, a desenvolver uma consciência crítica no que diz respeito ao voto. É preciso ensinar desde cedo ao eleitor sobre a necessidade de ter em mente que a escolha de hoje tem a ver com resultados de amanhã.

Pensando nisso, o colégio Adventista de Santo Amaro, região Sul de São Paulo, está trabalhando em sala de aula o funcionamento da política nacional, através das disciplinas alinhadas ao tema e especialmente à simulação de eleição, desde o início do segundo semestre, quando começaram as campanhas políticas. A ação já aconteceu em diversas unidades escolares da rede de educação Adventista, como Registro, Capão Redondo entre outras.

A intenção do colégio é fazer com que os alunos conheçam quais são as atribuições e funções de um prefeito e vereador e compreendam o valor do voto, evitando assim que o mesmo seja desperdiçado pela anulação.

De acordo com o vice-diretor da unidade, Alan Fernandes, no primeiro turno das eleições em São Paulo, cinco alunos do 5.º ano foram escolhidos para representarem os candidatos reais à Prefeitura e suas respectivas propostas. A idéia os motivou a acompanhar diariamente a propaganda política. "Os nossos alunos do 5.º ano, ou seja, de 11 anos apenas, passaram a se interessar pela política a partir do momento em que a mostramos de uma forma mais real para eles. Ao assumirem papéis de candidatos, eles analisaram as propostas dos candidatos reais e em cima delas trabalharam com propostas para a escola, dentro da realidade deles e para isso precisaram dar atenção ao que os colegas pediam", declara Alan.

Mas, esta séria "brincadeira" não pára por aí. Mais crianças estão envolvidas na simulação das eleições 2008. A unidade de Santo Amaro, que atende da educação infantil ao Fundamental I, permitiu que todos os alunos participassem. "Entendemos que a consciência do voto deve ser inserida na pessoa desde à infância, por isso, amanhã, quando simularemos o segundo turno da eleição em São Paulo, até as crianças de três anos terão a oportunidade de manifestarem sua opinião", diz o vice- diretor.

O foco do programa vai ainda além, pois engloba a cidadania sob outro aspecto também: o da participação como mesário - contribuição importante, mas que não agrada a quem é convocado. "Queremos que nossos alunos sintam prazer em votar, não por obrigatoriedade, mas porque acreditam que de um em um é possível mudar o futuro do País e cada colaboração é também um ato de cidadania. Nosso objetivo é incutir neles a valorização da democracia", salienta o vice-diretor.

Amanhã, 24 de outubro, acontece a simulação da eleição 2008, segundo turno, na unidade do colégio Adventista de Santo Amaro, no período matutino e vespertino (ou manhã e tarde). "Assim como no primeiro turno, cada aluno receberá um título eleitoral da escola para votar e no final um comprovante de votação. Infelizmente não conseguimos a urna eletrônica com o TRE porque todas devem ser usadas no domingo próximo, mas fizemos cédulas com o rosto dos candidatos Marta e Kassab e colocamos a urna atrás de um biombo", explica Alan Fernandes.

Mesmo sem a urna eletrônica, os alunos da unidade Adventista de Santo Amaro terão a oportunidade, por meio desta representação simbólica, de saber que a decisão deles pode mudar a nação! O programa continua até o final do ano.

 
 


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial