Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Domingo,
18 de Fevereiro de 2018




Trabalhe Conosco
Festival de Música Sacra revive século passado

clique aqui para ver as fotos


Revitalizar o espírito de louvor e a participação dos fiéis foi um dos objetivos do Femusa 2007


São Paulo, 08 de outubro de 2007


MÚSICA SACRA
Por Dayane Garcia


A igreja adventista de Capão Redondo celebrou nos dias 29 e 30 de setembro, o Femusa – Festival de Música Sacra, com uma brilhante programação realizada pelos cantores e músicos locais.

Com o tema “Cantai ao Senhor Melodias de Vitória”, o programa permitiu ao público uma viagem ao século passado, ano de 1900, retratado nos figurinos e cabelos, e contextualizado com as músicas, durante a programação.

Alguns dos mais belos e tradicionais hinos da igreja adventista foram apresentados na programação. Mesmo com arranjos e leituras diferenciadas das tradicionais, o clima não deixou de ser de saudosismo e recordação.

O pastor Josué de Castro, ex-componente do Quarteto Arautos do Rei, foi o responsável pelo fechamento da programação, alertando a igreja sobre a importância do louvor sincero e de incentivar os músicos e pregadores a levarem mais da palavra de Deus.

Na programação, a igreja conheceu parte da história de cada hino. Histórias como a que envolve o hino 70 – Porque Ele vive, apresentado por um coral infantil, o Coral Projeto Volta Júnior.

“Era ano de 1971. Estava por nascer um filhinho no lar de Bill e Glória Gaither, que incertos com o futuro da criança, questionavam-se sobre suas esperanças num mundo instável e permeado de injustiças.  Mas, foi no meio destas incertezas, que a certeza do Cristo vivo tomou a mente dos Gaither’s, que escreveram os versos do hino “Porque Ele vive”, mais tarde escolhido como “hino do ano” pela Associação de Música Gospel”, descreveu Érico Farias, mestre de cerimônias do evento.

Alguns dos primeiros versos escritos pelo casal, diziam:

“Que belo é um nenezinho
E que prazer um filho dá!
Maior prazer é ter certeza,
de um feliz futuro; Cristo vivo está.
Porque vivo está, o amanhã enfrento.
Sim, vivo está, não temerei,
Pois eu bem sei que é dele o meu futuro,
E a vida vale à pena, Cristo vivo está”.

 


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial