Expediente Fale Conosco Nossas Igrejas Departamentos Quem Somos APS On-line Menu Principal Quem Somos APS On-line Departamentos Nossas Igrejas Fale Conosco Expediente

Terça-Feira,
18 de Dezembro de 2018




Trabalhe Conosco
Dicas sobre como economizar energia

Você pode economizar energia elétrica, mudando os hábitos de consumo

São Paulo, 13 de setembro de 2007

Energia
Da Redação

Todo mundo quer economizar, por isso a nossa redação pegou e relacionou dicas simples e fáceis de você economizar energia dentro da sua casa. Conheça algumas dicas simples:
 
Quando você viajar por um período longo, não se esqueça de desligar a chave geral da sua residência. Tomada quente é sinônimo de desperdício. Por isso evite o uso de benjamins que sobrecarregam as tomadas, aquecem os fios desperdiçando energia elétrica e podem causar acidentes.

Use fios de espessura adequada, que suportem a potência dos seus aparelhos elétricos.

Todos os eletrodomésticos possuem uma etiqueta que informa o quanto ele gasta de energia elétrica por hora. Essa informação geralmente é expressa em Watts (W). Por isso, antes de comprar, olhe sempre a etiqueta.

Utilize seus aparelhos elétricos de acordo com as instruções do fabricante. A utilização inadequada dos equipamentos eletrodomésticos prejudica sua vida útil. A tensão nos municípios onde a AES Eletropaulo fornece energia é 115/230 e 127/220: só use aparelhos que sejam compatíveis com essas tensões.

Sempre que puder, utilize os aparelhos elétricos fora do horário de pico do sistema elétrico (de 17h30 as 20h30).

Colocar garrafas de água em cima de caixas de medidores, além de não reduzir o consumo, pode provocar acidentes. 

Veja agora como você pode economizar energia em aparelhos específicos:

Aquecedor central

Aquecedores são aparelhos que consomem muita energia elétrica. Por isso, evite deixar o seu sempre ligado.
Planeje seu uso e habitue-se a ligá-lo apenas o tempo necessário para que você tenha a sua água quente.

Compra:
- Escolha um tipo de boiler com capacidade adequada às suas necessidades.
- Dê preferência a modelos com melhor isolamento do tanque e com dispositivo de controle da temperatura. 

Instalação:
- Instale o aquecedor o mais próximo possível dos pontos de consumo.
- Isole adequadamente as canalizações de água quente.
- Nunca ligue o aquecedor vazio à rede elétrica. Para verificar se está vazio ou não, abra as torneiras de água quente. 

Use com economia:
- Quando usar o aparelho ajuste o termostato de acordo com a temperatura ambiente. Se esquentar demais e você tiver que misturar água fria, será desperdício.
- Ligue o aquecedor apenas o tempo necessário. Se possível, instale um timer para tornar automática essa tarefa.
- Feche as torneiras ao ensaboar-se.
- Escolha um modelo de acordo com suas necessidades.
- Dê preferência aos aquecedores equipados com controlador de temperatura.
- Instale o aquecedor próximo aos pontos de consumo e isole adequadamente as canalizações de água quente.
- Nunca ligue o aquecedor vazio à rede elétrica. Para verificar se está vazio ou não, abra a torneira de água quente com o aquecedor central desligado.
- Ajuste o termostato de acordo com a temperatura ambiente. Evite aquecer muito a água nos dias quentes.
- Evite banhos demorados e não deixe torneiras abertas desnecessariamente.

Ar condicionado
O ar condicionado utiliza uma resistência, que é um componente elétrico, para produzir calor a partir de um considerável consumo de energia elétrica para o seu funcionamento.

Use com economia:
- Mantenha as portas e janelas fechadas ao usar o condicionador de ar.
- A vedação do ambiente deve ser bem feita.
- Limpe os filtros periodicamente para melhorar a circulação do ar e consumir menos energia elétrica.
- Habitue-se a desligar o aparelho ao se ausentar por período superior a uma hora.
- Evite instalar o aparelho em local exposto aos raios solares.
- Regule o termostato. O frio ou calor máximo nem sempre são as condições mais confortáveis.
 
Chuveiro Elétrico
O chuveiro elétrico é um equipamento que aquece a água através de uma resistência, e sua potência nominal típica varia de 2.000 a 6.500 watts.
É um grande consumidor de energia elétrica, representando cerca de 25% do consumo de residencial.

Use com economia:
- Banhos demorados aumentam o valor de sua conta de energia elétrica. Feche a torneira enquanto se ensaboa.
- Evite usar o aparelho no horário de pico para não sobrecarregar o sistema elétrico.
- Não tente reaproveitar uma resistência queimada, pois além de provocar um aumento de consumo, isto põe em risco sua segurança.
- Nos dias quentes, utilize o chuveiro com a chave na posição "verão". O consumo de energia elétrica é cerca de 30% menor do que na posição "inverno".
- Não mude a chave "inverno/verão" de seu chuveiro enquanto estiver ligado. Você pode levar um choque.
- A fiação deve ser adequada, bem instalada e com boas conexões. Fios derretidos, pequenos choques e cheiro de queimado são sinais de problemas que precisam ser corrigidos imediatamente.
- Procure limpar periodicamente os orifícios de saída de água do chuveiro.
- Se for lavar o banheiro com água do chuveiro, desligue-o.

Lembre-se:
O mau uso do chuveiro pode ser a causa de altas contas de energia elétrica.
Este é um dos aparelhos que mais consome energia elétrica, representando 25% do consumo residencial.
Evite também o seu uso nos horários de maior consumo de energia elétrica (17h30 às 20h30) para não sobrecarregar o sistema.
 
Ferro Elétrico
O ferro elétrico é um equipamento que funciona através do aquecimento de uma resistência. Conforme o modelo, sua potência varia de 1.000 a 1.500 watts.
Ele é responsável por um consumo mensal entre 10 e 15 kWh, cerca de 5% a 7% do consumo total de uma residência. 

Use com economia:
- O aquecimento do ferro elétrico ligado várias vezes ao dia provoca um desperdício muito grande de energia elétrica. Habitue-se a acumular a maior quantidade possível de roupas, para passar de uma só vez. Ligar várias vezes ao dia desperdiça muita energia elétrica.
- Regule a temperatura, seguindo as orientações do fabricante.
- No caso de ferro elétrico automático, use a temperatura indicada para cada tipo de tecido, iniciando sempre pelas roupas que requerem temperatura mais baixa.
- Deixe o ferro desligado quando não estiver em uso, mesmo por intervalos curtos.
- Evite ligar o aparelho no horário de pico para não sobrecarregar o sistema elétrico.
- Ao estender as roupas para secar no varal, procure estendê-las bem abertas, possibilitando a utilização rápida ao passar o ferro elétrico.
- Reserve algumas roupas leves para serem passadas nos últimos dez minutos no final da operação, com o ferro desligado, pois ele ainda estará quente. Exemplo: roupas de nylon, lingerie e outras do mesmo tipo.

Lembre-se:
O ferro elétrico corresponde de 5% a 7% do consumo de uma residência.

Forno de microondas
É um conforto que consome bastante energia elétrica.
Acostume-se a usá-lo só em caso de necessidade.
 
Use com economia:
- Leia atentamente o manual do fabricante e tire o máximo de proveito do equipamento.
- Evite a proximidade do fogão e de aquecedores, ou áreas expostas ao sol.
- Não encoste o aparelho na parede ou em móveis.
- Use corretamente o tempo para aquecer a comida, pois cada tipo de alimento ou prato feito tem um tempo certo para ser aquecido.

Geladeira / Freezer
A geladeira/freezer facilita muito a sua vida, mas é um dos eletrodomésticos que mais consome energia elétrica de sua residência, representando aproximadamente 30% da conta de toda a eletricidade que você consome. Por isso, procure os modelos que tenham o selo PROCEL de Economia de Energia.

Instale no lugar certo:
- Locais bem ventilados.
- Longe do calor: aquecedores, fogão ou sol.
- Não encoste nas paredes ou em móveis. 

Use com economia:
- Não abra a porta sem necessidade ou por tempo prolongado e retire os alimentos de uma ó vez.
- Evite a formação de camada muito espessa de gelo; faça o degelo periodicamente.
- Evite forrar as prateleiras da geladeira/freezer com plásticos, tábuas, vidros ou quaisquer outros materiais para não dificultar a circulação interna do ar frio.
- Não guarde alimentos e líquidos quentes, nem use recipientes sem tampa dentro da geladeira/freezer.
- Regule a temperatura interna do refrigerador, através do termostato, ou conforme instruções do fabricante.
- No inverno, a temperatura interna da geladeira/freezer não precisa ser tão baixa quanto no verão.
- Conserve limpa a parte traseira e não a utilize para secar panos, roupas, tênis, etc.
- Na hora da compra escolha um equipamento com um tamanho compatível com suas necessidades e não se esqueça de verificar o consumo de energia elétrica declarado pelo fabricante.
- Dê preferência aos produtos certificados com o selo de economia.
- Quando se ausentar de sua casa por tempo prolongado, esvazie a geladeira e/ou freezer e desligue-os da tomada. 

Para verificar se as borrachas de vedação das portas estão em bom estado, faça um teste periodicamente:
1. Feche a porta da geladeira/freezer prendendo uma folha de papel. Tente retirar a folha;
2. Se ela deslizar e sair facilmente, é sinal de que as borrachas não estão vedando corretamente. Nesse caso, providencie a substituição da borracha e/ou o ajuste das dobradiças;
3. Repita este teste ao redor de toda a porta.

Lembre-se:
A utilização inadequada da geladeira/freezer é uma das causas das altas contas de energia elétrica, representando 30% do consumo de uma residência.
Ao escolher um novo aparelho, leve em conta também as informações da etiqueta cor de laranja, que indica o consumo médio mensal de eficiência da geladeira/freezer. 

Iluminação
A iluminação de uma residência é responsável pela maior parte do consumo de energia elétrica. Mas reduzir o consumo não significa necessariamente reduzir a iluminação.
É possível reduzir consumo de energia em iluminação, sem diminuir os seus benefícios. Basta utilizar a iluminação adequadamente, ou seja, planejar suas necessidades, obtendo um resultado melhor e ainda com economia no consumo de energia elétrica.

Como reduzir o consumo de energia em iluminação:
Iluminar bem não significa iluminar demais. Ao longo dos anos nos acostumamos a usar a iluminação artificial, como sendo o único meio eficiente de se obter luz. Podemos encontrar locais onde a iluminação pode ser reduzida ou até mesmo eliminada, sem prejuízo das atividades nela desenvolvidas.
Algumas residências, por exemplo, possuem fachadas envidraçadas, utilizando a iluminação artificial o dia todo, mesmo havendo luz natural abundante. Nestes casos, pode-se reduzir o número de lâmpadas e/ou de luminárias em operação, com significativa economia do consumo de energia elétrica. A luz natural deve ser aproveitada sempre que possível.

Use com economia:
- Utilize níveis de iluminação adequados a cada ambiente.
- Ao sair do ambiente não se esqueça de desligar as luzes, exceto aquelas que contribuam para a segurança.
- Aproveite, sempre que possível, a iluminação natural. Abra as janelas, cortinas e persianas.
- Use cores claras no teto e nas paredes internas. Elas refletem melhor a luz.
- Limpe regularmente luminárias, globos e arandelas para ter um bom nível de iluminação.
- Utilize somente lâmpadas com voltagem (volts) compatível com a voltagem da rede da concessionária.
- Na iluminação externa utilize fotocelulares para ligar e desligar automaticamente as lâmpadas.
- A iluminação deve ser adequada a cada tipo de ambiente, pois tanto a falta como o excesso são prejudiciais aos olhos.
- Prefira as lâmpadas fluorescentes compactas ou circulares (para cozinha, área de serviço, garagem e qualquer outro local que fique com as luzes acesas mais de quatro horas por dia), pois são as mais eficientes que existem para iluminação residencial e, além de reduzirem o consumo, duram até dez vezes mais que as lâmpadas incandescentes. 

Lembre-se:
A iluminação é responsável por cerca de 20% do consumo total de uma residência.
 
Máquina de lavar roupas / Secadora de roupas / Lava-louças
Economize água e energia elétrica lavando de uma só vez, a quantidade máxima de roupa/louça indicada pelo fabricante. Essa atitude economiza água e eletricidade.
A máquina de lavar, por exemplo, é um equipamento que possui um ciclo de funcionamento com operações de lavagem, enxágüe e centrifugação. Sua potência variável está entre 500 e 1.000 watts e ela consome de 5 a 10 kWh por mês, o que representa de 2% a 5% do total consumido em uma residência.

Use com economia:
- Acostume-se a limpar o filtro da máquina com freqüência.
- Utilize a dosagem correta de sabão indicada pelo fabricante, evitando repetir operações de enxágüe.
- Leia atentamente o manual do fabricante para tirar o máximo proveito de seu equipamento.

Lembre-se:
Equivale de 2% a 5% do consumo de uma residência.
 
Motores
- Utilize os motores entre 90% e 60% de sua potência nominal.
- Dê preferência a motores de alto rendimento.

Outros equipamentos elétricos
Aparelho de som, ventilador de ar, forno elétrico, notebook, DVD, videocassete e videogame são equipamentos que também consomem energia elétrica. 

Use com economia:
- Leia atentamente o manual do fabricante e tire o máximo de proveito de cada equipamento.
- Economize eletricidade, não deixe-os ligados sem necessidade. Programe suas atividades.
- Na hora da compra, escolha os aparelhos que melhor atendam às suas necessidades.
- Dê preferência aos equipamentos eficientes. Eles gastam menos energia elétrica.

Televisão
A televisão é um eletrodoméstico muito utilizado, em média de quatro a cinco horas por dia, em cada residência. Tem uma potência de 70 a 200 watts, podendo atingir níveis superiores nos modelos mais antigos. Consome mensalmente entre 10 e 30kWh, sendo responsável por cerca de 5% a 15% do consumo total de uma residência.

Use com economia:
- Desligue o aparelho quando ninguém estiver assistindo.
- Na hora da compra, prefira os aparelhos que possuam "timer" (temporizador).
- Você pode programar a hora de desligar.
- Evite dormir com o aparelho ligado.

Lembre-se:
- A televisão representa de 5% a 15% do consumo de uma residência.
 
Torneira elétrica
É um conforto que consome bastante energia elétrica. Acostume-se a usá-la só em caso de necessidade. 

Use com economia:
- Evite ligá-la no verão quando a água, em geral, é mais quente.
- Ensaboe todas as louças para depois enxaguar de uma só vez, não deixe a torneira ligada enquanto estiver fazendo este processo.

 

 

 


  Envie a um amigo

Site UCB Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial Escolas Adventistas Portal Adventista Página Inicial